terça-feira, 18 de setembro de 2012

É muito amor!

Analisando os últimos três meses, vi o quanto minha vida mudou depois do nascimento da Júlia. Mudou pra melhor, claro!

Passei por uma enorme transformação durante a gravidez, mas ter um bebê nos braços é muito diferente de ter um bebê na barriga.

Depois que a Ju nasceu, descobri que tenho mil e uma habilidades que nunca imaginei ter. Descobri que tenho 8 braços pra dar conta de tudo o que tenho pra fazer E também cuidar dela. Descobri que posso dormir muito "bem", mesmo sendo acordada de 1 em 1 hora durante a noite e passar o outro dia de -quase- bom humor.

O que seria da minha vida se eu não tivesse esse lindo bebê comigo?? Sempre me faço essa pergunta, imagino um milhão de possibilidades, mas nenhuma resposta é satisfatória. Percebi que não posso viver sem o sorriso banguela que recebo todas as manhãs ao tirá-la do berço. Não posso viver sem os gritinhos durante nossas "conversas". Não posso viver sem as gargalhadas durante as brincadeiras. Simplesmente não posso viver sem minha Júlia...

Não há medo, problemas ou desavenças que superem o amor que eu e o Guto sentimos por ela. Esse é um amor puro, que não tem como explicar e que só aumenta a cada nova descoberta, a cada nova fase em seu desenvolvimento e a cada novo dia que passamos ao seu lado.

E depois de mais de três meses, posso dizer com todo orgulho: 

Amo ser mãe, amo cuidar da nossa família e muito mais do que isso, amo a Júlia


Nenhum comentário:

Postar um comentário