terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Sobre estrias...


Minha barriga não está como a da foto (ainda bem), mas cada marquinha nova é sinal de que a Júlia conseguiu mais um espacinho pra ficar confortável em sua "casinha".

Depois que ela nascer e eu olhar essas estrias, lembrarei que um dia meu corpo foi o abrigo da minha pequena e se adaptou a ela da maneira em que ela se sentia melhor. Também lembrarei que foi nesse abrigo que eu gerei uma vida com muito amor e carinho.

Para o resto da vida olharei essas estrias e me lembrarei: "Aqui foi o lar da Júlia...".

Sem mais.

Um comentário: