domingo, 15 de janeiro de 2012

Meu filho vai conceber um pai

Há alguns dias venho me devaneando em como começar a escrever aqui no blog... É legal ver que a minha ideia de "forçar" a Bia a escrever em um blog para o bebê deu certo, ela começou a escrever e hoje não para mais.

Este é meu primeiro post. O primeiro Hello World do pai programador aqui no blog.

O problema é que eu não sei o que escrever. São tantas as preocupações com as coisas que precisamos para o bebê que acabo não sabendo mais o que sentir.

É diferente de qualquer coisa que eu tenha sentido na minha vida. Sempre fui uma pessoa visionária, sempre preparada e programada para o futuro. Sempre quis ser pai. Vou ser um daqui a alguns meses... e agora? A pessoa preparada e programada sumiu.

Interessante é ver como eu me imaginava pai de família, casado com uma mulher responsável e com filhos calmos e alegres. Não digo que isso não será a realidade, mas que a realidade é muito mais complexa do que a simples visão de uma família americana.

Eu sei que seremos felizes, eu sei que minha mulher será responsável e que meus filhos serão calmos e alegres. Mas eu paro para pensar em todas as pequenas coisas que vamos precisar ter e fazer para que isso se torne realidade. Todas as pequenas coisas que acabam se tornando em uma GRANDE, ENORME e GIGANTE coisa chamada paternidade.

Quando descobrimos que a Bia estava grávida eu pareci calmo e feliz, mas naquele momento parecia que um buraco havia aberto debaixo dos meus pés. Eu não sabia o que pensar, muito menos o que dizer. Aos poucos eu fui me acostumando com a ideia, tentando esquecer os milhares de sermões dos amigos por ter sido tão fora de hora. 

Um colega de trabalho e amigo meu chegou a dizer que mesmo que tenha sido cedo, eu seria mais responsável que ele e mais dois colegas juntos. Nesse dia comecei a me ver como um exemplo de responsabilidade e força dali para a frente, sabendo que eu iria assumir um dos compromissos mais importantes da minha vida, senão o mais importante.

Me acostumei com a ideia de ser pai, até o dia que comecei a imaginar um bebê em meu colo. Me desesperei ao pensar que uma vida ia depender de mim. A Bia me tranquilizou bastante e me disse que não tem dúvidas que eu seja o pai ideal e perfeito para o filho dela. Enfim, tentei relaxar e lembrar de uma frase que ouvi de outro colega de trabalho -  casado e com dois filhos gêmeos -: "Ninguém está preparado para ser pai até ter um filho". 

De qualquer forma, estou dando o meu melhor para que tudo saia bem. Talvez não seja perfeito, mas que seja organizado e com calma, para que nosso pequeno tenha tudo o que precisa. 

Ando lendo com a Bia muitos blogs de pais e mães falando sobre milhares de coisas que tento manter armazenadas e organizadas no meu disco rígido do cérebro. Às vezes acho que não vou dar conta de ser pai, às vezes acho que vai ser simples se eu me esforçar, às vezes nem sei o que achar.

Muitas vezes me perco sonhando como será o meu filho. Se será uma menina ou um menino, se ele ou ela irá seguir os passos dos pais, se terá o mesmo gosto e uma personalidade parecida... Mas isso para mim realmente não importa. O sexo que eu desejo? Menino ou menina, que venha saudável.

É claro que eu gostaria e ter um Gustavinho geek e amante de tecnologia como eu, herdeiro de minha empresa e fã de Star Wars. Mas, sinceramente, eu serei para o meu filho o pai que ele precisar ter, seja ele um jogador de futebol, uma menina dançarina de ballet, um filho que goste de vermelho ou uma filha que goste de preto. Eu o amarei sobre todas as coisas abaixo de Deus. Pois ele será um verdadeiro milagre, um verdadeiro presente de Amor de Alguém que sabe o que está fazendo.

Que você venha com saúde meu pequeno, porque nós, pais, não aguentamos mais de ansiedade para tê-lo em nossos braços.

E, vocês leitores, votem nos nomes, curtam o blog e divulguem para as pessoas próximas!

Um comentário:

  1. Ahh que lindo, Gu! Ninguém disse que é fácil, né, mas é a maior experiência que a vida pode oferecer. Tomora que você e a Bia aproveitem muito essa benção, e que dê tudo certo pra esse bebê!

    Fiquei ansiosa junto, pode? hahaha
    Vocês são uns lindos, AMEI o blog! Tá aprovado pela designer wannabe aqui ;)
    BEIJOS!

    ResponderExcluir